5 dicas para liderar equipes no modelo híbrido

Combinar o trabalho remoto com alguns dias no escritório parece ser o melhor dos mundos, certo? De um lado, temos os ganhos de produtividade e qualidade de vida que o home office proporciona; de outro, um maior nível de interação e socialização no contato dos profissionais no ambiente físico. A implementação e a rotina do modelo híbrido, contudo, podem não ser tão simples. Confira nossas dicas para superar desafios e liderar equipes com sucesso na modalidade que mescla trabalho presencial e remoto. 

  1. Escute sua equipe

Antes de bater o martelo sobre como o modelo híbrido vai funcionar, é fundamental entender a percepção da sua equipe. Enquanto algumas companhias estabelecem como regra 70% remoto e 30% presencial, outras permitem que o funcionário faça essa escolha livremente. Escute as expectativas dos colaboradores e avalie as particularidades de cada cargo. De maneira geral, a ideia é dar prioridade ao trabalho remoto em todas as funções que possibilitem isso. 

  1. Promova uma mudança cultural

Alguns gestores ainda preferem ter seus funcionários ao seu lado por acreditarem que, à distância, eles não trabalham. Por isso, o sucesso do modelo híbrido passa necessariamente por uma mudança de mentalidade. Para acabar com qualquer estigma que possa existir em relação ao home office, é preciso que as lideranças estabeleçam relações de confiança com os membros de suas equipes e passem a avaliar o desempenho pelas entregas. Também vale fazer alinhamentos periódicos, estipular prazos e metas e, ainda, incentivar entre os profissionais a autogestão, a autonomia e a colaboração. 

  1. Estabeleça regras claras 

Para evitar que quem está em home office se sinta em desvantagem, é importante definir junto à equipe as regras de quando e por que é necessário ir ao escritório. Em relação às reuniões, dê preferência às virtuais, garantindo que quem está trabalhando remotamente não seja excluído das decisões. Outro ponto de atenção é a definição de horários e de métricas de produtividade. Para que os que estão em home office não se sintam pressionados e, consequentemente, sobrecarregados, conte com um sistema de controle de ponto que permita a marcação online dos horários de início e fim da jornada. 

  1. Aprimore a comunicação

Um dos desafios dos modelos híbrido e remoto é, sem dúvida, a comunicação. Para garantir que todos os integrantes da sua equipe estejam alinhados aos objetivos da empresa, centralize as informações em um mesmo canal de comunicação. Priorize a comunicação assíncrona, que não exige a presença simultânea de todos. Documente as informações relevantes, forneça orientações por escrito e garanta acesso remoto a todos os envolvidos. Outra dica é promover momentos de descompressão. O happy hour, seja ele virtual ou presencial, permite que as pessoas se conheçam melhor, melhorando a confiança e a comunicação.  

  1. Invista em soluções adequadas

A satisfação e o engajamento do colaborador em home office estão diretamente ligados à sua integração à empresa e ao uso de ferramentas que lhe permitam desempenhar em alto nível o seu trabalho. A adoção de tecnologias online e em nuvem, portanto, são determinantes para agilizar processos, aumentar a eficiência e melhorar resultados.  

Softwares de gestão baseados na nuvem são grandes aliados do trabalho remoto e híbrido. Por meio de um sistema de ponto online e em nuvem é possível gerir a jornada de trabalho dos colaboradores em tempo real e de maneira colaborativa, estejam os líderes em home office ou na sede da empresa.   

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, tanto presenciais quanto remotos. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Equipe Comercial.  

Como conciliar bem-estar e produtividade no trabalho

Quem nunca se sentiu sobrecarregado pelo trabalho em algum momento da vida? Cobranças excessivas, prazos curtos e aumento de demandas exercem uma pressão que, se não for administrada com planejamento e uma boa dose de resiliência, pode causar ansiedade, sensação de esgotamento e perda de motivação.

Saiba como uma boa gestão do tempo e a inclusão de pequenas pausas na rotina ajudam a promover o bem-estar, melhorar a produtividade e estimular a criatividade e a concentração. 

Planeje suas atividades

Manter o foco pode ser um desafio em uma sociedade hiperconectada como a nossa. Por isso, na hora de planejar a agenda do dia ou semana, estipule ciclos curtos e realistas para a execução de cada tarefa, dedicando para cada atividade sua máxima concentração. Determine também momentos para checar e-mails, interagir com a equipe e responder demandas urgentes, lembrando de bloquear notificações de apps e redes sociais para evitar interrupções enquanto estiver focado nas tarefas que exigem plena atenção.   

Fracione tarefas complexas

Você está à frente de um projeto longo e complexo que parece não ter fim? Não se desespere! Ao invés de ficar ansioso pela conclusão que está distante, faça um cronograma no qual as questões maiores surgem fracionadas em etapas menores. Essa divisão permite ver o processo em andamento e, ainda, proporciona aquela sensação boa de dever cumprido, essencial para seguir motivado rumo à próxima etapa. 

Faça pausas ao longo do dia

Ao fim de cada tarefa cumprida, permita-se uma pausa de cinco minutos. Parece pouco, mas esse tempo ajuda a arejar a mente para o ciclo seguinte. Algumas metodologias de gestão do tempo preveem essas breves pausas, já que elas reduzem o nível de estresse, facilitam a retomada da concentração e estimulam a criatividade. Aproveite esses momentos de descompressão para fazer um alongamento, respirar profundamente e se hidratar. O autocuidado é fundamental para uma rotina de trabalho saudável.  

Valorize seu bem-estar

É preciso estar física e emocionalmente bem para ser produtivo. Para isso, procure equilibrar vida pessoal e profissional e desligue-se do trabalho após o expediente. Fazer uso de um software de controle de ponto para autogerir os horários de entrada e saída, assim como o banco de horas, é um jeito prático de não exceder os limites – sobretudo em home office, onde tendemos a ficar além do horário. Valorize os seus momentos de lazer, pratique atividade física e não descuide da alimentação. 

A Norber desenvolve sistemas de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, incluindo equipes remotas. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Equipes de TI: como a gestão do tempo pode evitar a sobrecarga

Você já imaginou como teria sido o desempenho da sua empresa na pandemia sem o apoio fundamental da sua equipe de TI? Seja para transferir a força de trabalho para o home office ou apoiar o retorno presencial, a atuação dos profissionais que sabem tudo de programação, redes e cibersegurança tem sido decisiva para o andamento de operações e até a continuidade de negócios.

Entre outras tarefas, os líderes de tecnologia e seus times foram responsáveis por construir ou adequar a infraestrutura necessária para que as empresas pudessem trabalhar remotamente. Juntamente ao RH, a área de TI assumiu protagonismo neste período cheio de mudanças criando meios de garantir acesso a dados na nuvem, segurança para videoconferências, além de boa experiência digital para funcionários e clientes. Além disso, foi necessário trabalhar lado a lado com provedores de tecnologia parceiros – como a Norber, que fornece aos seus clientes soluções flexíveis para controle da jornada remota ou presencial. 

As equipes de TI, sem dúvida, estão sendo mais demandadas – e o volume de trabalho tende a crescer na medida em que a transformação digital passa a ser cada vez mais estratégica nas empresas. A responsabilidade, a pressão pela entrega e a urgência na execução de projetos podem se traduzir em rotinas estressantes, às vezes exaustivas. 

A sobrecarga é uma queixa de parte dos profissionais que estrearam na jornada remota, sobretudo aqueles que não marcam ponto. Para evitar o burnout, é importante que os líderes sirvam de exemplo para os demais colaboradores, seja cumprindo seus horários de entrada e saída como negociando deadlines razoáveis. 

A gestão do tempo é a chave para equilibrar vida pessoal e profissional, mantendo a produtividade alta. Para isso, vale contar com uma solução como o NewMobile, que permite a marcação de ponto via smartphone. Com ele, o profissional registra seus horários e administra seu banco de horas.  

A Norber desenvolve softwares que facilitam o controle de frequência dos colaboradores, incluindo aqueles que trabalham remotamente. O NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Já o NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Como o home office pode promover a inclusão da diversidade nas empresas

Promover a inclusão da diversidade é uma questão de compromisso social e também um modo de alavancar a inovação nas empresas. Diversas pesquisas já demonstraram que companhias que ampliam suas visões de mundo com uma força de trabalho heterogênea são mais colaborativas, produtivas e criativas. 

A diversidade é um tema cada vez mais presente no mundo corporativo, e com o home office sendo praticado em larga escala foi aberta uma janela de oportunidade para aumentar a inclusão nas empresas. 

As mulheres, por exemplo, podem ser beneficiadas. Embora a dupla jornada seja um desafio, o home office pode ajudar a reinserir no mercado de trabalho profissionais que abandonaram suas carreiras para cuidar dos filhos. Com um controle de ponto flexível somado à divisão igualitária dos afazeres domésticos, elas podem retomar as atividades profissionais e buscar posições de liderança equilibrando vida pessoal e trabalho.   

Pessoas portadoras de deficiências, por sua vez, costumam encontrar no deslocamento até o escritório uma série de barreiras, como a falta de acessibilidade no transporte público. Com a possibilidade de trabalhar de casa, esse tipo de dificuldade deixa de ser um impedimento e o potencial destes profissionais pode ser potencializado. 

A jornada remota também pode favorecer a inclusão de profissionais que vivem em lugares distantes dos grandes centros. Sem limitações geográficas, as empresas podem recrutar talentos em qualquer cidade ou país, assim como em comunidades periféricas – que, aliás, estão sendo mais afetadas pela pandemia do coronavírus e pela falta de emprego e renda. 

A inclusão de grupos historicamente marginalizados deve ser uma busca permanente nas companhias comprometidas em impactar positivamente a sociedade. O modelo de trabalho remoto pode ser usado em benefício da diversificação da força de trabalho, mas além dele são necessárias políticas de contratação estruturadas e ações afirmativas que garantam igualdade de oportunidades a todos os gêneros, raças, idades e classes sociais.

A Norber desenvolve softwares que facilitam o controle de frequência dos colaboradores, incluindo dos que trabalham em home office. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Trabalho remoto: dicas para tornar o home office mais produtivo

As jornadas flexíveis são realidade em diversas empresas. Principalmente nas cidades onde o deslocamento toma um tempo precioso do dia, muitos profissionais já têm permissão para combinar o trabalho presencial com dias de home office. A adaptação à jornada remota, contudo, pode ser um desafio. Veja como aproveitar esse benefício sem comprometer a produtividade:

Estabeleça rotinas

Ainda que trabalho remoto seja sinônimo de autonomia, é imprescindível estabelecer rotinas. Verifique o período em que você precisa estar em contato com sua equipe e, a partir daí, planeje as tarefas do dia, o horário do almoço e o fim do expediente. Com uma gestão do tempo eficaz e um bom planejamento é possível cumprir metas dentro do horário estabelecido, separando trabalho e lazer.

Bloqueie interrupções

Em casa, redobre o cuidado com as distrações. Afinal, a geladeira cheia, o animal de estimação e a TV na sala são ladrões de atenção. Para não se desconcentrar ou perder o foco, defina um espaço de trabalho apropriado, que seja organizado, ergonômico, iluminado e livre de interferências. Se você não mora sozinho, avise familiares que aquele é um dia normal de trabalho. Estabeleça regras, peça silêncio e previna interrupções.

Intensifique a comunicação

Trabalhar fora do escritório significa não ter por perto colegas com quem esclarecer dúvidas ou trocar ideias de imediato. Para suprir essa lacuna e combater o isolamento, intensifique o diálogo com a equipe. Seja proativo, compartilhe informações, forneça feedbacks periodicamente e use a tecnologia para reduzir distâncias. Por e-mail, videoconferência ou mensagem instantânea, esteja presente e comunique-se com clareza. A ideia é não deixar o rendimento cair e nem comprometer o engajamento do time.

O sucesso das jornadas flexíveis exige disciplina, responsabilidade e comprometimento. Por parte das empresas que adotam o modelo, é fundamental formalizar em contrato as condições de trabalho, garantir equipamento e acesso para o exercício das funções e, claro, liderar os colaboradores à distância.

A sua companhia permite trabalho remoto? Conte-nos suas estratégias para manter a produtividade em alta nos dias de home office.

A Norber desenvolve softwares de controle de frequência que auxiliam a gestão da jornada de trabalho dos colaboradores, incluindo os que trabalham remotamente. O NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades desta solução, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Coronavírus: precauções para a proteger os funcionários e a empresa

O avanço do novo coronavírus faz vítimas e altera a rotina inclusive nas empresas. Em todo o mundo, grandes companhias cancelaram presença em eventos e adotaram a jornada de trabalho remota para diminuir riscos e mitigar prejuízos. No Brasil, apesar dos casos confirmados, o vírus não está disseminado e, portanto, não há motivo para pânico ou medidas extremas. Porém, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que empregadores e população tomem precauções para combater a infecção, mesmo onde não há notificação de suspeitas. Confira cuidados para proteger os funcionários e o ambiente de trabalho:

Reforce a higiene

Bons hábitos de higiene são a melhor forma de se proteger do coronavírus e de gripes comuns. Por isso, vale distribuir cartilhas e colocar cartazes em banheiros para reforçar a conscientização. As principais orientações são: lavar as mãos frequentemente; cobrir boca e nariz ao espirrar ou tossir, fazendo o devido descarte do lenço de papel; e não tocar nos olhos, nariz ou boca antes de higienizar bem as mãos.

Limpe objetos e superfícies  

O coronavírus sobrevive na superfície de objetos – como mesa, telefone, teclado do computador, mouse. Para combater a infecção, equipamentos e corrimões precisam ser limpos e desinfetados regularmente. Intensifique a higienização da estação de trabalho, abasteça banheiros com sabão e disponibilize álcool-gel em lugares estratégicos.

Atenção às viagens

Reavalie benefícios e riscos de viagens internacionais, considerando áreas afetadas e informações fornecidas pelas autoridades sanitárias. Evite enviar colaboradores que sofrem de diabetes e de problemas cardíacos e respiratórios, mais suscetíveis a desenvolver quadros graves da doença. Sempre que possível, troque o contato presencial por reuniões por videoconferência, como já estão fazendo empresas multinacionais.

Considere adotar jornadas remotas

O trabalho remoto é uma alternativa em cenário de surto. Após voltar de áreas com alta disseminação do vírus, recomenda-se que o funcionário se automonitore por 14 dias e, em caso de febre, tosse, coriza e outros sintomas, adote o home office. Em casa, é importante evitar contato próximo com familiares e deve-se contatar o órgão de saúde responsável e proceder com o tratamento adequado. Um plano de contingência estruturado e com atenção à saúde dos funcionários é fundamental para sua empresa evitar a propagação do vírus no ambiente corporativo e em lugares com intensa circulação de pessoas, como o transporte público.

Cuidado com fake news

Informações falsas circulam pelas redes sociais e internet. Para não propagar boatos, busque sempre informações confiáveis. O Ministério da Saúde está monitorando os casos suspeitos e lançou um aplicativo com dados atualizados e unidades de saúde onde encontrar ajuda médica. Fique atento!

A Norber desenvolve softwares de controle de frequência que auxiliam a gestão da jornada de trabalho dos colaboradores, incluindo os que trabalham remotamente. O NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades desta solução, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Tecnologia melhora a experiência no trabalho e aumenta a produtividade

O que o uso da tecnologia no ambiente de trabalho tem a ver com o engajamento das equipes e, consequentemente, o aumento da produtividade? De acordo com pesquisa do The Economist para a Citrix, estes fatores estão fortemente relacionados, sendo tecnologia o segundo elemento (41%) que mais contribui para a melhoria da satisfação do profissional nas empresas com alto índice de engajamento, atrás apenas da qualidade gerencial da liderança (59%).

Realizado em oito países incluindo o Brasil, o estudo “The Experience of Work: The Role of Technology in Produtivity and Engagement” explora os esforços das companhias em utilizar a tecnologia para impulsionar novas formas de trabalho e oferecer ferramentas para os funcionários atuarem de modo mais eficaz e significativo.

Acesso à informação e trabalho remoto

A pesquisa aponta que o acesso a dados necessários para a realização do trabalho, independentemente de onde o colaborador esteja localizado, é o fator tecnológico que mais influencia o engajamento (47%), seguido da possibilidade de trabalhar de qualquer lugar (43%). Na prática, isso se traduz em políticas mobile, na automatização de processos e na utilização de sistemas que facilitam a comunicação e a troca de informação.

Experiência ágil como a do consumidor

Para ser efetiva e gerar resultados, a tecnologia deve ser útil e simples de usar. Por esse motivo, muitas companhias têm buscado recriar no ambiente de trabalho os avanços já alcançados junto ao consumidor final. A ideia é tornar a experiência mais simples através de aplicações focadas no usuário e com interfaces intuitivas.

Atuação conjunta entre RH e TI

A implantação de tecnologias que impactam positivamente o dia a dia dos funcionários é entendida como uma responsabilidade compartilhada das áreas de RH e TI. A transformação digital é um projeto estratégico nas corporações e, conduzida por especialistas, visa agregar soluções capazes de motivar as pessoas e de incentivar a criatividade e a colaboração.

A Norber desenvolve sistemas de controle de acesso e de frequência que modernizam rotinas no ambiente de trabalho. O NewPonto Cloud é um software que armazena as informações do controle de ponto na nuvem, facilitando a gestão dos recursos humanos e agilizando a tomada de decisões. O NewMobile, por sua vez, permite a marcação de ponto remoto, via smartphone e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

RH e tecnologia: conheça soluções que facilitam o dia a dia

A tecnologia está mudando a forma como as empresas fazem a gestão de pessoas. Inovações surgem todos os dias e quem é de RH precisa acompanhar as tendências geradas pela transformação digital. Atualmente, o mercado dispõe de diversas soluções que facilitam o dia a dia e, sobretudo, proporcionam mais eficiência às atribuições do setor, incluindo processos de recrutamento e seleção, controle de ponto e folha de pagamento, além de treinamento e avaliação de desempenho profissional. Saiba mais.

Cloud Computing

Os dados dos seus colaboradores já estão na nuvem? Se a resposta for negativa, é hora de investir nesta solução que armazena informações em servidores remotos, com segurança e sem ocupar espaço nos HDs internos. O controle de frequência em cloud computing permite que informações referentes a ponto, faltas e horas extras dos funcionários sejam atualizadas em tempo real e acessadas de qualquer lugar a partir de um notebook. É um recurso que facilita a gestão e garante agilidade à tomada de decisões.

Gamificação

A aplicação de práticas inspiradas no mundo dos games é cada vez mais recorrente no ambiente corporativo. O RH também tira proveito deste recurso com treinamentos e atividades organizacionais baseados na gamificação, estratégia que oferece recompensas em troca de ações. A ideia é, como nos jogos digitais, incentivar o colaborador a se engajar nas atividades, “avançar de nível” e cumprir metas coletivas e individuais.

Mobilidade corporativa

Videoconferência, redes de mensagens internas e ferramentas de mobilidade corporativa são tecnologias que otimizam a comunicação e o alinhamento das equipes em tempos de jornada remota e home office. Uma solução como o controle de ponto via smartphone garante flexibilidade às equipes, cujos colaboradores podem atuar de distintos lugares do país e do mundo.

Softwares de controle e gestão

Se seu RH deseja fazer mais em menos tempo é imprescindível automatizar processos administrativos repetitivos. O uso de softwares de gestão de frequência possibilita a integração do controle de ponto à folha de pagamento, tornando muito mais simples e eficiente a realização de tarefas operacionais de rotina.

Big Data

People Analytics é o termo do momento em RH. Isso porque o grande volume de dados disponíveis na rede ou coletados via softwares trazem informações importantes sobre a produtividade dos funcionários ou a aderência de candidatos em processos seletivos. No dia a dia, o Big Data permite melhorar a qualidade das contratações, medir o desempenho dos profissionais com mais precisão e até verificar padrões de turnover.

A sua empresa já utiliza alguns destes recursos tecnológicos? Conte-nos sua experiência sobre os benefícios da tecnologia para o aprimoramento das atividades do RH.

A Norber desenvolve softwares de controle de acesso e de frequência que modernizam rotinas do RH. Para conhecer as funcionalidades do NewPonto Cloud, do NewMobile e de outras soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Contribuição previdenciária: mudanças recentes exigem atenção do RH

Contribuição previdenciária: mudanças recentes exigem atenção do RH

A Reforma da Previdência é o assunto do momento. E não é para menos, já que altera regras da aposentadoria dos brasileiros e gera impacto nas contas públicas. O tema é relevante também para as empresas, uma vez que os empregadores têm obrigações legais junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Entenda o conceito de contribuição previdenciária e conheça mudanças recentes que exigem atenção do RH.

O que são contribuições previdenciárias

São as contribuições feitas por trabalhadores, empregadores e governo que visam a manutenção da Seguridade Social, conjunto de ações destinado a assegurar direitos relativos à saúde, previdência e assistência social. Além das aposentadorias, os recursos recolhidos custeiam, por exemplo, benefícios como auxílio-doença, salário maternidade, entre outros.

Desconto em folha de pagamento

A contribuição paga pelo trabalhador em regime CLT é descontada mensalmente na folha de pagamento, sendo atribuição do RH realizar os devidos cálculos. Com impacto no rendimento, o valor varia de acordo com a faixa salarial. Em 2019, as alíquotas são: de 8% para salários até R$ 1.751,81; de 9% para salários de R$ 1.751,82 a R$ 2.919,72; e de 11% para R$ 2.919,73 até R$ 5.839,45. Quem recebe mais que esse valor tem um desconto fixo de 11% sobre R$ 5.839,45, que é o teto do INSS.

INSS patronal

O empregador também contribui com o INSS. Como regra geral, o recolhimento para empresas enquadradas nos regimes de Lucro Real e Lucro Presumido é de 20% sobre a folha de pagamento. Optantes do Simples Nacional e alguns segmentos empresariais pagam tributações diferenciadas sobre a receita bruta, sendo importante observar as regras para evitar erros, que resultam em multas.

Atenção redobrada no recolhimento

Profissionais de RH e responsáveis pela área financeira da empresa precisam estar atentos às leis e alterações ao realizar os recolhimentos previdenciários devidos. Em janeiro deste ano, a Instrução Normativa RFB nº 1867 apresentou mudanças visando adequação à Reforma Trabalhista (Lei nº 13.467) – que, entre outros aspectos, regulamentou o trabalho remoto, o temporário e o intermitente. Vale destacar que a modalidade intermitente tem carteira assinada e contribui com a Previdência Social como segurado empregado, sendo que a base de cálculo inclui o valor proporcional pago em férias e décimo terceiro.

A implantação do eSocial também gerou obrigações que devem ser acompanhadas permanentemente pelo RH. A criação do Cadastro de Atividade Econômica da Pessoa Física (CAEPF) e do Cadastro Nacional de Obras (CNO) já substituíram o Cadastro Específico do INSS (CEI) junto à Receita Federal. Além disso, a aprovação da Reforma da Previdência, em análise no Congresso Nacional, deverá trazer novas mudanças. Fique de olho.

A Norber desenvolve softwares de controle de acesso e de frequência que auxiliam no gerenciamento e processamento das informações requeridas pelo eSocial. O NewPonto Cloud automatiza a folha de pagamento e permite a criação de uma nova rotina para verificar alterações de escala em períodos parametrizados. Para saber mais sobre as soluções que a Norber desenvolveu para o eSocial e outros benefícios para o RH da sua empresa, acesse www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Geração Z: como preparar sua empresa para os centennials

A Geração Z está chegando ao mercado de trabalho. Nascidos em meados da década de 1990, os chamados centennials (ou pós-millennials) têm agora seus 20 e poucos anos e começam a se inserir profissionalmente nas empresas. Por terem tido acesso a smartphone e wi-fi desde sempre, dominam os meios digitais e veem a evolução tecnológica como um processo natural. Desta maneira, desenvolveram habilidades e têm expectativas diferentes das gerações precedentes. Conheça as características deste grupo e saiba como atrair e otimizar o potencial destes jovens, que serão 20% da força de trabalho em 2020.

Meio digital como habitat natural

Os centennials foram criados num mundo de comunicação instantânea e de acesso ilimitado à informação. Ultraconectados e multitarefas, trafegam com desenvoltura por plataformas digitais e têm um perfil dinâmico, interativo e competitivo. São avessos à hierarquia e podem ter alguma dificuldade nas relações interpessoais. Por outro lado, são participativos e não têm nenhum problema como o diferente. Ao contrário, valorizam a diversidade, a igualdade e a transparência. Assim, para reter os talentos dessa geração, vale apostar num ambiente de trabalho flexível, democrático e participativo, no qual as tarefas possam ser executadas em ciclos curtos, com recompensas (ou promoções) frequentes, à exemplo dos games (gamification). O trabalho remoto também é desejável, pois significa responsabilidade e autonomia.

Movidos a propósitos

Diferentemente dos millennials, vistos como mimados e impacientes, a Geração Z é mais pragmática e pé no chão. Por terem vivenciado com suas famílias um período de instabilidade econômica, valorizam a segurança financeira e fazem planos para o futuro. Para eles, salário e plano de carreira são importantes, mas não significam tudo. O que faz os olhos desta turma brilhar de verdade é poder contribuir com empresas com potencial transformador. Assim, deixe claro qual é o propósito da sua empresa, engaje os centennials em torno dos objetivos organizacionais e surpreenda-se com a capacidade de inovação destes jovens.

A Norber é especialista em softwares de gestão e está alinhada às demandas do mercado de trabalho. O NewMobile possibilita a marcação de ponto via smartphone, de qualquer localidade e em tempo real, fornecendo maior flexibilidade e mobilidade aos usuários. Para conhecer as funcionalidades do NewMobile e outras soluções customizáveis para a sua empresa, acesse www.norber.com.br e fale com o nosso Comercial.