Diversidade etária: a importância de profissionais maduros para as empresas

A população brasileira está envelhecendo. De acordo com o IBGE, o número de pessoas com mais de 65 anos deve mais do que dobrar até 2060, alcançando 25% da população total. A inversão da pirâmide etária está em marcha e trará impactos a vários setores da economia – e o mercado de trabalho é um deles.  

A mudança, aliás, já está acontecendo. Seja para complementar a aposentadoria ou por saberem que ainda têm muito a contribuir, é cada vez mais comum encontrarmos pessoas da terceira idade na ativa, esbanjando disposição e sabedoria. Porém, ainda há muitos estigmas a serem rompidos para que a inserção e permanência dos profissionais mais experientes seja de fato maior, sobretudo no mercado formal.  

A boa notícia é que cada vez mais empresas têm dado exemplo com programas de diversidade e inclusão que contemplam profissionais mais maduros, como forma de equilibrar as experiências e visões de mundo. No mercado, também crescem as consultorias especializadas em conectar empresas a profissionais com mais de 50 anos em busca de recolocação. 

Na opinião dos recrutadores, uma força de trabalho diversa, composta por diferentes faixas etárias, é positiva para o negócio. Isso porque profissionais maduros trazem na bagagem qualificações relevantes para o trabalho, agregando senioridade para as equipes, projetos e atendimento a clientes. Se de um lado podem ter alguma dificuldade na adaptação ao ambiente digital, por outro apresentam controle emocional, resiliência e facilidade na tomada de decisões. 

Outro aspecto positivo é que, diferentemente das gerações mais jovens, consideradas impulsivas e imediatistas, os profissionais mais velhos costumam ser extremamente leais à companhia e comprometidos com o horário de trabalho, o que reduz índices de absenteísmo e turnover. Além disso, uma empresa alinhada à agenda da responsabilidade social, que realiza ações que vão além do cumprimento de leis e cotas, tem sua imagem reforçada junto à sociedade e aos clientes.  

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, incluindo equipes remotas. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br.