Segurança da Informação: como reforçar a proteção no home office

O home office deixou de ser novidade e já provou que, com gestão eficaz e comunicação, promove aumento da produtividade das equipes e da qualidade de vida dos colaboradores. Porém, apesar das vantagens, a modalidade pode oferecer riscos à Segurança da Informação das empresas. 

O ambiente doméstico costuma ser mais suscetível a vazamentos de dados, perda de arquivos e invasões a sistemas. Por isso, é importante redobrar cuidados e evitar problemas que podem prejudicar a operação, expor a privacidade das pessoas ou causar danos à reputação da companhia.

Conheça ações para mitigar riscos e garantir a proteção dos dados quando os colaboradores estão trabalhando de casa ou em jornada híbrida

Infraestrutura de TI

O primeiro passo é investir em uma infraestrutura robusta. Mais seguras que as redes domésticas, as VPNs (Virtual Private Network) protegem a navegação dos usuários, reduzindo a exposição de dados corporativos na internet. Além de conexão e tráfego confiáveis, use aplicações criptografadas de ponta a ponta, assim como senhas e autenticações para limitar o acesso a dados restritos.  

Sistemas atualizados

Sistemas operacionais desatualizados são porta de entrada para ciberataques. Instale as versões mais recentes dos softwares e conte com ferramentas de proteção contra malwares e outras ameaças virtuais. Como prevenir é sempre melhor que remediar, faça backups constantemente e armazene informações em softwares hospedados na nuvem.

Prevenção de comportamentos de risco

O fator humano é o principal componente da segurança da informação. Por isso, instrua os colaboradores a adotarem comportamentos seguros, como não clicar em links suspeitos e sempre bloquear a tela do computador ao sair. O ideal é que o notebook de trabalho seja usado apenas para trabalho, isto é, sem download de jogos ou navegação em sites não confiáveis. Em caso de compartilhamento do equipamento pessoal, mantenha contas separadas para os outros membros da família.

Política de Segurança da Informação

Ao estabelecer a Política de Segurança da Informação (PSI) da empresa, crie também diretrizes específicas para o home office. Entre outras coisas, oriente o colaborador em jornada remota sobre cuidados nas reuniões virtuais, já que a presença de pessoas de fora da companhia no ambiente doméstico pode comprometer informações sensíveis. A troca periódica de senhas e o uso de senhas fortes são orientações válidas para todos. 

Parceiros estratégicos

A proteção da informação é uma questão estratégica. Por isso, é imprescindível contar com parceiros confiáveis na hora de escolher um fornecedor de tecnologia. No RH, que lida com um volume expressivo de dados, a dica é contratar um sistema de marcação de ponto online que disponha de conexão criptografada, garantindo acesso seguro via web. O banco de dados blindado e atrelado ao servidor é outro elemento antifraude, que impede a manipulação das marcações originais, seja pelo usuário ou pelo gestor. 

Quais medidas a sua empresa está tomando para proteger dados, cumprir legislações como a LGPD e ficar menos exposta a crimes cibernéticos? 

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, tanto presenciais quanto remotos. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Equipe Comercial.