Reconhecimento facial: tecnologia é aliada na retomada presencial

Depois de meses com equipes em home office, empresas em diversas cidades começam a organizar a retomada à atividade presencial. A volta gradual ao ambiente de trabalho requer o cumprimento de protocolos de segurança determinados pelos órgãos de saúde. Distanciamento social, escalonamento de horários, uso de máscara e respeito às regras de higiene são algumas das medidas preventivas nesse “novo normal”. 

Como o momento exige cuidados redobrados, muitas empresas estão investindo em tecnologias touchless para garantir a segurança dos colaboradores. Uma dessas tecnologias é a de reconhecimento facial, que dispensa o contato físico e pode ser aplicada tanto no controle de acesso como na marcação de ponto. 

Como funciona

O reconhecimento facial é um tipo de identificação biométrica que mapeia o rosto do indivíduo calculando a distância entre pontos específicos, como boca, nariz e olhos. Uma vez cadastrada, a pessoa pode ser identificada pelo equipamento, cujos sensores fazem a leitura das medidas e, por meio de algoritmos, as compara ao padrão previamente armazenado. Feita a validação, a pessoa é rapidamente identificada, sem necessidade de tocar em nada.   

Aplicação nas empresas

No contexto da pandemia, a biometria facial vem sendo incorporada aos ambientes corporativos como medida para minimizar o risco de contágio. Entre as aplicações, destaca-se o totem de reconhecimento facial combinado ao sistema de controle de acesso da Norber. Além de possibilitar a identificação de colaboradores e prestadores de serviço sem que haja contato físico com catracas e outros equipamentos, a solução ajuda a monitorar a ocupação dos ambientes, evitando filas e aglomerações em entradas e portarias. Outra vantagem é a integração com o NewPonto Cloud, software de gestão de frequência que registra horários de entrada e saída e integra essas informações à folha de pagamento. 

Outro recurso muito bem-vindo em tempos de pandemia é o NewMobile. Por meio desta solução da Norber, o colaborador registra o ponto via smartphone, ou seja, tem contato apenas com seu próprio aparelho. Para que o registro seja validado, há exigência de selfie ou reconhecimento facial, certificando a identidade do usuário.    

Por dispensar o contato com superfícies, soluções que utilizam biometria facial são opções a serem consideradas na hora de traçar protocolos para a retomada segura às atividades presenciais.   

A Norber desenvolve softwares de controle de acesso e de frequência que facilitam a gestão da jornada de colaboradores presenciais e remotos. Para conhecer as funcionalidades do NewAcesso, do NewMobile e do NewPonto Cloud, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

O que é jornada híbrida e como gerenciar equipes neste modelo de trabalho

Desde que a pandemia do novo coronavírus virou o mundo de pernas para o ar, empresas de todos os portes e segmentos estão repensando seus modelos de trabalho. Cada vez mais, ganha destaque o formato híbrido, no qual os colaboradores conciliam dias em home office com dias em trabalho presencial. A ideia é dar autonomia ao profissional e permitir que cada um administre sua própria rotina, atuando de onde se sentir mais produtivo, seja em casa, num coworking ou na sede da empresa. Veja como gerenciar equipes híbridas, em alta no “novo normal”:   

Incentive a troca de informações

Alinhar a comunicação é fundamental para manter o desempenho de times híbridos em alto nível. Para isso, incentive o compartilhamento de informações e estipule canais oficiais de comunicação, evitando que dados importantes se percam no meio do caminho ou sejam esquecidos em trocas de mensagens paralelas. Também vale agendar antecipadamente as videoconferências semanais, de maneira que todos os envolvidos em determinado projeto participem. O que não dá é fazer uma reunião virtual e outra presencial – além de desperdício de tempo, acaba deixando parcela da equipe desatualizada em relação ao que foi discutido.   

Inclua quem está distante

Como parte da equipe fica fisicamente distante, é possível que alguns profissionais se sintam excluídos, o que prejudica o andamento dos projetos e arruína a produtividade. Para evitar situações desse tipo, dê suporte a quem está fora, comunique-se sempre com muita clareza e forneça recursos necessários para a realização das tarefas. Uma dica é investir em tecnologias cloud, que garantem acesso remoto e facilitam a colaboração, independentemente da localização. Essa praticidade agiliza processos, evita retrabalho e permite atualizações em tempo real.

Gerencie a jornada

Um ponto de atenção quanto à gestão de equipes híbridas é como realizar um controle de jornada eficaz. Felizmente, a tecnologia mais uma vez está aí para ajudar! O NewPonto Cloud é o software em nuvem da Norber que possibilita a marcação do ponto online. Por meio do computador com acesso à internet, o colaborador registra seus horários, podendo incluir apontamentos e monitorar seu banco de horas. Outra solução é o NewMobile, para o registro de ponto via smartphone. Além de funcionar off-line, a aplicação utiliza a geolocalização GPS para delimitar o perímetro da marcação e ainda dispõe de reconhecimento facial ou selfie para confirmação da identidade.

A sua empresa adotou o formato híbrido ou os colaboradores continuam exclusivamente em home office? De que modo você está gerenciando as equipes remotas e fazendo o controle de jornada? 

A Norber desenvolve sistemas que facilitam o controle de frequência dos colaboradores, incluindo equipes híbridas e remotas. O NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Já o NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

RH e o “novo normal”: Atribuições no pós-pandemia

O RH assumiu um protagonismo determinante no enfrentamento da crise provocada pelo coronavírus. Desafiado a agir rapidamente e em várias frentes, o setor atuou com as lideranças e encabeçou mudanças organizacionais estratégicas durante a pandemia. Entenda como estas mudanças impactarão a gestão de pessoas e quais papéis os profissionais da área deverão desempenhar no “novo normal” que se anuncia.   

Apoiar a adaptação à nova realidade de trabalho 

No começo da pandemia, as empresas estruturaram planos de contingência para manter as atividades ininterruptas sem colocar em risco a segurança do colaborador. Em muitas delas, o RH foi o setor responsável por comunicar cuidados, promover o bem-estar e apoiar a maior de todas as mudanças: a implementação do home office em larga escala. Para isso, cuidou dos trâmites contratuais e orientou a transformação digital necessária viabilizando ferramentas de trabalho e preservando a produtividade remota. Se hoje diversas companhias consideram manter o home office na rotina corporativa, muito se deve a uma bem-sucedida gestão à distância que integrou RH, TI e outros setores estratégicos. Daqui em diante, espera-se do profissional de RH liderança para estreitar a interação entre as áreas e apoiar a adaptação ao modelo de trabalho remoto. 

Concentrar informações para a tomada de decisões

Para minimizar os impactos econômicos da crise, coube ao RH rever custos operacionais, reavaliar processos e adequar contratos às novas Medidas Provisórias anunciadas pelo governo, seja remanejando férias, realizando desligamentos ou reduzindo jornadas. Na hora de efetuar as adequações, saíram-se melhor as empresas que contavam com sistemas de ponto flexíveis e capazes de fornecer dados para uma tomada de decisão embasada. O NewPonto Cloud da Norber é um software de gestão de frequência que garantiu aos gestores acesso remoto às informações dos colaboradores e, sobretudo, possibilitou a rápida reparametrização das jornadas. Frente à clara importância da tecnologia, fica a lição: o investimento em softwares é o caminho para o futuro do RH, que será cada vez mais digital e baseado em analítica.

Engajar os profissionais e fortalecer a cultura da empresa 

O bem-estar físico e emocional do colaborador é um ponto de atenção na pandemia. Sobretudo em tempos de isolamento social, o RH tem como missões direcionar um olhar humanizado às relações de trabalho e promover o clima organizacional positivo. Mais do que nunca, transparência, empatia e companheirismo são características da mais alta relevância na cultura corporativa. Ao RH cabe ajudar os gestores na criação de um ambiente de trabalho inspirador, colaborativo e produtivo, onde prevaleçam a sensação de pertencimento, o acolhimento e o espírito de equipe. 

A Norber desenvolve softwares que facilitam o controle de frequência dos colaboradores, incluindo os que trabalham em home office. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.