Norber conquista o Prêmio Fornecedores de Confiança 2019

A Norber conquistou o Prêmio Fornecedores de Confiança 2019. É a décima vez consecutiva que a empresa obtém o prêmio, que avalia o nível de satisfação dos clientes em relação aos fornecedores de produtos e serviços da área de gestão de pessoas.

Segundo o Diretor Comercial Anderson Guimarães, o reconhecimento consolida a excelência no atendimento ao cliente e, sobretudo, reforça o compromisso com o desenvolvimento de inovações voltadas para a área de gestão de pessoas. “Como fornecedora de soluções tecnológicas, é nosso papel avançar e continuar ajudando os profissionais de RH a enfrentarem os desafios da transformação digital”, afirma.

O critério para a eleição dos Fornecedores de Confiança baseou-se em pesquisa com clientes e foi conduzida pelo Data Popular. A metodologia utilizada foi a Net Promoter Score (NPS), indicada pela Harvard Business School para identificar o grau de confiança dos clientes.

Empresa bem avaliada

A Norber atingiu a zona de excelência no NPS, ou seja, é extremamente confiável junto aos seus clientes e colaboradores. Além disso, a pesquisa revelou que 100% dos entrevistados pretendem recomendar a Norber para outras empresas ou colegas de profissão.

Na avaliação geral, a Norber se saiu muito bem, com 9,14 – nota acima da média 8,76 das empresas participantes. As avaliações foram positivas em todos os quesitos, com destaque para: qualidade dos produtos e serviços; qualidade dos profissionais que prestam atendimento; respeito aos prazos acordados; qualidade de soluções e sistemas disponibilizados; além de agilidade e clareza no suporte e atendimento de dúvidas.

“Esse feedback é muito importante e mostra que estamos no caminho certo”, afirma a Gerente Comercial Cristiane Massarotto. “Nosso foco é fornecer soluções personalizadas para o cliente, com quem buscamos construir relações de longo prazo.”

Criado em 2008, o Prêmio Fornecedores de Confiança é promovido pela Editora Segmento em parceria com a Revista Melhor Gestão de Pessoas, publicação oficial da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH).

A Norber desenvolve sistemas de controle de acesso e de frequência que otimizam a gestão de pessoas. O NewPonto Cloud é um software de controle de ponto em nuvem que se integra aos principais fornecedores REP do mercado e automatiza a folha de pagamento. Para conhecer as funcionalidades desta solução, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Check list 2020: preparativos para organizar a empresa para o próximo ano

O ano de 2019 foi desafiador para muitos empreendedores. Frente à economia estagnada, empresas de todos os portes e segmentos tiveram de fazer ajustes para atravessar um período de pouco crescimento. Com o ano novo sugerindo recomeço, é hora de organizar a casa e traçar as metas para 2020. Confira nosso check list e prepare a sua empresa para avançar de modo estruturado no ano que se aproxima.

  1. Avalie o que deu certo

Você conseguiu tirar do papel os projetos que planejava? As metas foram alcançadas? A qualidade dos produtos ou serviços foi aprimorada? O resultado financeiro ficou dentro do esperado? Aproveite as revisões de fim de ano para avaliar o que deu ou não deu certo. Seja realista e procure entender quais foram os elementos internos e externos que motivaram o sucesso ou o fracasso das ações. O método SWOT é um bom jeito de medir forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, preparando o caminho para obter uma melhor performance futura.

  1. Dê feedback às equipes

Os colaboradores são fundamentais para o sucesso de qualquer negócio. Por isso, é importante aproveitar o fim do ano para realizar avaliações de desempenho e fornecer feedback às equipes. Avaliações construtivas servem para alinhar expectativas, corrigir rotas e, sobretudo, motivar as pessoas em torno da estratégia empresarial. É com um time engajado, unido e proativo que sua empresa alcançará os objetivos.  

  1. Reduza custos

Diante de um cenário repleto de desafios, reduzir custos continuará sendo primordial em 2020. Para cortar gastos sem prejudicar os planos de crescimento, adote medidas que geram economia como, por exemplo, implementar um software de controle de ponto, que permitirá maior controle sobre a jornada de trabalho dos colaboradores, reduzindo despesas com horas extras.

  1. Analise seus processos

A sua empresa dispõe das ferramentas necessárias para o bom andamento dos processos? Em muitos casos, investir na automatização é a solução para alavancar o desempenho e reduzir o tempo gasto em atividades operacionais. O sistema de controle de ponto integrado à folha de pagamento garante eficiência e agilidade às rotinas administrativas, possibilitando que o RH utilize seu potencial em tarefas mais estratégicas.

  1. Elabore o planejamento estratégico

Para colocar em prática uma estratégia vencedora em 2020, comece já a elaborar o planejamento estratégico. Além de definir metas de curto, médio e longo prazos, organize orçamentos para as áreas, determine investimentos em tecnologia e em treinamentos, elabore um calendário de eventos, crie diferenciais competitivos. Com organização, planejamento e antecipação, você prepara sua empresa para largar na frente no ano que vem.

A Norber desenvolve sistemas de controle de acesso e de frequência que modernizam rotinas empresariais. O NewPonto Cloud é um software que integra o controle de ponto à folha de pagamento, facilitando a gestão da jornada de trabalho dos colaboradores. Para conhecer as funcionalidades desta solução, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

13º salário: quando pagar e como calcular a remuneração extra

O 13º salário é a remuneração adicional paga a todo trabalhador com registro em carteira. Com a proximidade do fim do ano, o empregador deve estar preparado para efetuar o pagamento, observando descontos, adicionais e datas limites. Saiba mais.

Cálculo do 13º salário

Também conhecido como gratificação natalina, é um direito do trabalhador contratado pelo modelo CLT. Corresponde a um salário extra, e seu valor é proporcional aos meses trabalhados. Cada mês trabalhado equivale a 1/12 do salário bruto, isto é, se o funcionário trabalhou o ano inteiro, terá direito à remuneração completa. Vale lembrar que horas extras, adicionais noturno ou de insalubridade e comissões também integram a base de cálculo.

Desconto por absenteísmo

O absenteísmo é um fator que deve ser levado em conta para o cálculo do 13º salário. A fração de 1/12 mensal só é considerada se o funcionário trabalhar pelo menos 15 dias no mês. Caso ele acumule faltas injustificadas e não alcance o mínimo de dias no mês, perderá o direito ao 13º referente a este período. O departamento de RH é responsável pelo cálculo, e pode contar com um software de controle de ponto para fazer a gestão de faltas e de horas extras.

Datas de pagamento

A primeira parcela do 13º salário deve ser paga pelo empregador entre 1º de fevereiro e 30 de novembro. Em muitas empresas, essa parcela é adiantada e paga juntamente com as férias. A segunda parcela, por sua vez, deve ser depositada necessariamente até 20 de dezembro. Somente desta segunda parcela são descontados Imposto de Renda e INSS, ou seja, seu valor é menor do que a primeira. O não pagamento até as datas estipuladas por lei resulta em multas para o empregador.

A Norber desenvolve sistemas de controle de acesso e de frequência alinhados à legislação trabalhista. O NewPonto Cloud é um software que integra o controle de ponto à folha de pagamento, facilitando a gestão dos pagamentos devidos. Para conhecer as funcionalidades desta solução, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Voluntariado corporativo: fazer o bem está em alta nas empresas

Ajudar o outro é uma atitude solidária que traz benefícios não só para quem é ajudado, mas também para quem ajuda. Saber que a sua atitude pode fazer a diferença na vida de outra pessoa gera grande satisfação, é recompensador, mas para muitas pessoas a falta de tempo costuma ser um impeditivo. A boa nova é que um número maior de empresas vem fomentando a ajuda ao próximo através do voluntariado corporativo.

Dentro e fora do ambiente de trabalho, organizações de todos os portes e segmentos estão cada vez mais abraçando causas – ambientais, sociais ou de diversidade. São diversas as possibilidades de voluntariado corporativo, desde ações pontuais ou recorrentes junto a ONGs até plantio de árvores e campanhas de arrecadação de roupas, alimentos ou brinquedos.

Para ter efetividade e gerar impactos positivos na sociedade, é importante que os apoios estejam alinhados ao propósito da organização e, sobretudo, que sejam estruturados e planejados. De nada adianta escolher projetos ou entidades idôneos se não houver o engajamento dos colaboradores. Por isso, é preciso que a empresa incentive a participação e forneça ferramentas que viabilizem a ação. Disponibilizar transporte até o local da atividade, por exemplo, é um facilitador que possibilita o envolvimento em maior escala.

Os benefícios são inúmeros. Ganham as comunidades ou grupos sociais vulneráveis, que têm suas necessidades atendidas. Ganham os funcionários, que ampliam suas visões de mundo, praticam a empatia, estabelecem conexões emocionais e desenvolvem novas habilidades. Já para a empresa, o investimento em responsabilidade social corporativa se traduz em funcionários mais motivados e na melhoria da reputação junto à sociedade e aos clientes.

A sua empresa pratica o voluntariado corporativo? Conte-nos a sua experiência em ajudar o próximo e como esta ação reflete benefícios para o negócio.

A Norber desenvolve sistemas de controle de acesso e de frequência alinhados às tendências do mercado corporativo. O NewPonto Cloud é um software que automatiza a gestão do controle de ponto e moderniza operações do dia a dia. Para conhecer as funcionalidades desta solução, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Cibersegurança: a importância da proteção na era da informação

Em tempos de transformação digital, organizações de todos os portes e segmentos devem estar atentas ao outro lado da moeda: a ameaça de ataques cibernéticos. Os softwares, redes e sistemas da sua empresa estão realmente seguros? Devido ao crescente aumento de crimes digitais, a cibersegurança virou tema prioritário na pauta dos gestores.

Cibersegurança são as ações e técnicas empregadas para a proteção de sistemas, infraestrutura de redes, programas e equipamentos. Na prática, visa coibir invasões, ataques a servidores e propagação de códigos maliciosos, garantindo que dados importantes e sigilosos não vazem e nem sejam violados. Abrange softwares, redes, hardwares e toda a infraestrutura tecnológica, prevenindo riscos de roubo ou fraude da informação digital que é processada, armazenada e transportada por sistemas interligados.

Com os avanços tecnológicos cada vez mais incorporados à rotina das empresas, aumenta a exigência de cuidados extras com a segurança da informação. Neste contexto, o investimento em cibersegurança é fundamental. Equipes de TI, juntamente com fornecedores de softwares parceiros, devem estar atentos a vulnerabilidades, buscando agir antecipadamente para evitar que prejuízos ocorram por falta de proteção adequada.

Além de reforçar a utilização de antivírus, fazer cópias de segurança e manter os softwares atualizados, os especialistas recomendam que os sistemas adotados contenham recursos como criptografia e assinatura digital. Na batalha contra ciberataques, é importante incluir a segurança na estratégia organizacional.

A Norber desenvolve sistemas de controle de acesso e de frequência alinhados à necessidade de proteção de dados. O NewPonto Cloud, software que automatiza a gestão do controle de ponto, dispõe de conexão criptografada para garantir a segurança do acesso via web, além de um banco de dados blindado e atrelado ao servidor. Para conhecer as funcionalidades desta solução, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Contratação temporária x intermitente: conheça as diferenças

Com o fim do ano se aproximando, indústria, comércio e serviços já começam a reforçar equipes para alavancar a produção e as vendas no Natal. Segundo estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), 91 mil temporários devem ser contratados para atender ao aumento sazonal neste fim de ano, número 4% maior em relação ao registrado em 2018. Além do temporário, outra modalidade de contração permitida na legislação brasileira é a intermitente. Ambas exigem registro em carteira de trabalho, garantindo direitos trabalhistas. Conheça as diferenças:

Trabalho temporário

É o contrato mais comum, sendo permitido para cobrir o aumento de demandas sazonais ou para a substituição temporária de colaboradores (como licença-maternidade ou férias). A contratação acontece via intermediação de agência especializada em temporários, que se encarrega da anotação na carteira, bem como do pagamento do salário, das férias proporcionais e do recolhimento de FGTS e INSS. O tempo do contrato não pode passar de 180 dias, sendo possível a renovação por mais 90 dias. A remuneração é equivalente à dos profissionais da mesma categoria da empresa – e nunca inferior ao salário mínimo. Vale lembrar que a contratante é coresponsável pela contratação, isto é, responde solidariamente em caso de problemas judiciais. Por lei, o colaborador não recebe aviso prévio e multa rescisória por demissão sem justa causa.

Trabalho intermitente

A modalidade passou a ser permitida após a entrada em vigor da reforma trabalhista, em 2017. Diferentemente do temporário, quem se encarrega do registro em carteira é a empresa contratante – isto é, não há terceirização da mão de obra. É válido para quando a demanda é variável e não contínua. O trabalhador é convocado pelo empregador somente quando houver necessidade, sem carga horária mínima. A convocação tem de ser feita antecipadamente, com no mínimo três dias, e o colaborador pode não atender ao chamado sem que isso caracterize rompimento do contrato. O valor da hora de trabalho deve ser estabelecido em contrato e não pode ser menor que o de outros funcionários que realizam a mesma função na empresa. São direitos do intermitente: férias, 13º salário, FGTS e INSS proporcionais ao tempo trabalhado.

A sua empresa contratará temporários ou intermitentes no fim do ano? Vale conversar com o RH e o departamento jurídico da empresa para decidir sobre a modalidade de contratação mais adequada e eficiente para suas demandas sazonais.

A Norber desenvolve sistemas de controle de acesso e de frequência para a marcação de horários de entrada e saída dos funcionários, auxiliando na gestão de frequência dos colaboradores. Para conhecer as funcionalidades do NewPonto Cloud e de outras soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Ética: o que é e a importância deste valor nas empresas

Do grego “ethos”, a palavra ética está ligada ao conjunto de valores e princípios que orienta o comportamento do ser humano na sociedade. Ao longo da história, diversos filósofos se debruçaram sobre caráter, moral e noções de certo e errado para compreender o assunto, mas o fato é que tanto na sociedade como nas empresas existem normas que devem ser seguidas para a harmonia e a segurança do grupo.

No mundo corporativo, a ética deve ser uma prioridade e um valor tanto institucional quanto individual. Na prática, ela se traduz no modo como a empresa se porta em relação à sociedade e aos seus próprios membros, assim como na conduta individual dos seus colaboradores.

Empresas que têm a ética na sua cultura corporativa entendem que as boas práticas criam relações de confiança e geram benefícios em longo prazo. Por isso, instituem normas de conduta para guiar comportamentos e estabelecem mecanismos de controle, como auditorias e sistemas antifraude, visando coibir fraudes, práticas inadequadas e atitudes moralmente condenáveis.

Implantadas de cima para baixo, essas normas são disseminadas para todos os profissionais e passam a orientar suas atitudes. Desta forma, quem não age de acordo com os princípios estabelecidos pela empresa está descumprindo a orientação institucional e fica sujeito a sanções, inclusive demissão por justa causa.

A sua empresa tem a ética como um valor institucional? Quais normas e mecanismos de controle ajudam a orientar os profissionais a terem uma conduta adequada?

A Norber desenvolve softwares de controle de acesso e de frequência que ajudam a coibir fraudes nas empresas. O NewPonto Cloud é um sistema de controle de jornada desenvolvido para impedir a manipulação das marcações de horários e datas originais, com conexão criptografada e banco de dados blindado e atrelado ao servidor. Para conhecer as funcionalidades desta solução, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Indicadores de RH: conheça métricas para avaliar resultados e alavancar a performance

Mensurar resultados é o melhor modo de avaliar a gestão de uma empresa. Como um termômetro, os indicadores de RH permitem entender o que está dando certo ou errado, definir objetivos futuros e realizar ajustes para alavancar a performance da organização. Conheça as principais métricas e desenvolva uma estratégia focada em resultados.

Índice de rotatividade

O turnover indica a quantidade de contratações e demissões da empresa. A rotatividade elevada gera inúmeros transtornos, como custos com rescisão e contratação de novos profissionais, queda na produtividade e perda de talentos. Pode estar associado a fatores como falta de efetividade nos processos de recrutamento e seleção, baixa atratividade em relação à concorrência e problemas de relacionamento com o gestor.

Taxa de absenteísmo

Mede atrasos, faltas e saídas antecipadas de um colaborador. Para fazer o cálculo da taxa de absenteísmo, basta dividir as horas não trabalhadas pelas efetivamente trabalhadas vezes 100. Se for alta, demonstra a falta de interesse do colaborador ou indica problemas, que podem ser tanto externos quanto internos. Softwares de controle de jornada permitem ter os dados de atrasos e faltas sempre à mão, e sem erros.

Head count

É o número total de colaboradores da empresa. O seu aumento ao longo do tempo indica crescimento, enquanto quedas abruptas podem mostrar problemas ou mudanças de rumo. A estratificação em escolaridade, gênero, idade e faixa salarial garante uma visão mais ampla da situação organizacional.

Pesquisa de clima

É um indicador mais subjetivo e seu objetivo é avaliar a satisfação do colaborador. Normalmente é feito a partir de pesquisa qualitativa que inclui questões acerca do relacionamento com os gestores, comunicação interna, perspectivas futuras, envolvimento com as tarefas, além de percepção sobre o ambiente de trabalho e benefícios. Quanto melhor o clima organizacional, maior o engajamento do colaborador.

ROI em treinamentos

A Taxa de Retorno de Investimento (ROI) relaciona os valores investidos em capacitações aos resultados efetivamente alcançados, como redução de falhas e acidentes. A ideia é avaliar de maneira concreta o impacto dos treinamentos sobre a produtividade das equipes.

A Norber desenvolve softwares de controle de acesso e de frequência que ajudam o RH a avaliar a gestão da empresa. O NewPonto Cloud é um sistema de controle de jornada na nuvem que fornece inúmeros dados sobre a jornada de trabalho dos colaboradores e automatiza a folha de pagamento. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

4 lições para aprender com as Gerações X e Baby Boomer

Eles nasceram antes do advento da Internet, tiveram de adaptar-se às transformações tecnológicas e têm muito a ensinar às gerações que recém ingressaram no mercado de trabalho. Conheça 4 lições que Baby Boomers e profissionais da Geração X podem agregar às equipes.

Dê valor ao trabalho

Para os mais velhos, o trabalho era a razão da vida. Extremamente dedicados às empresas, estes profissionais desenvolveram carreiras longas, às vezes abrindo mão da vida pessoal. Isso porque faziam o que gostavam. Hoje, essa turma sabe como poucos combinar qualidade de vida com suas características mais marcantes: comprometimento, pontualidade e lealdade. Como eles, encontre o seu propósito e dedique-se de corpo e alma ao seu trabalho, que também deve ser fonte de alegria e prazer.

Mantenha o foco

O mundo mudou e hoje é requisito ser multitarefas. No entanto, desenvolver múltiplas atividades ao mesmo tempo não significa ser disperso e tampouco atuar no piloto automático. A exemplo dos mais experientes, seja capaz de manter o foco e, principalmente, de desenvolver a capacidade analítica. Raciocínio, análise de variáveis e atenção aos detalhes são fundamentais para um trabalho consistente.

Não desista

Diferentemente das atuais gerações imediatistas, baby boomers e profissionais da geração X sabem que as conquistas são resultado de esforço e se concretizam, na medida em que o tempo agrega conhecimento à carreira. Por entender que virar presidente da companhia não acontece da noite para o dia, cultivam a persistência, aprendem com os erros e não desistem diante da primeira barreira. Como eles, seja persistente, mostre serviço e conquiste o seu espaço.

Aprenda a adaptar-se

Quem tem seus 30 ou 40 anos de carreira viu a tecnologia transformar completamente o ambiente de trabalho. Do telex ao smartphone, essa turma precisou aprender continuamente e, sempre se adaptando às novas ferramentas, tem sido capaz de reinventar-se para atender novas demandas corporativas. Para seguir avançando, inclua a automação de processos na sua rotina e faça da tecnologia um aliado no dia a dia.

A Norber desenvolve softwares de controle de acesso e de frequência alinhados às tendências do mercado de trabalho. O NewPonto Cloud é um sistema de controle de jornada na nuvem que automatiza a folha de pagamento e se integra ao NewMobile, aplicativo para marcação de ponto à distância, via smartphone. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

5 dicas para melhorar a produtividade no começo da semana

A segunda-feira não é o dia mais adorado da semana, mas pode ser o mais produtivo. Para muita gente, começar bem a semana impacta diretamente no restante dela. Confira estas dicas para aumentar a produtividade com organização do tempo e uso de softwares de gestão, alavancando resultados positivos.

  1. Encare como um recomeço

Que tal encarar a segunda-feira como uma oportunidade de construir algo novo? Ao invés reclamar, encha-se de otimismo e veja o começo da semana como uma nova chance de realizar mudanças, colocar um plano em prática e concretizar algo diferente. Detalhe: motivação é contagiante. Líderes que mantém o astral elevado inspiram quem está ao redor, engajando o restante do time.

  1. Organize as tarefas antecipadamente

Planejamento é essencial para o alcance de metas. Por isso, vale dedicar um tempo à organização da agenda, priorizando as atividades e os compromissos. Faça uma lista de tarefas e determine prazos para a execução de cada uma delas. Cumprindo deadlines diários e semanais, você termina o que começou e pode então encarar novas atribuições.

  1. Proteja o período mais produtivo

A maioria das pessoas rende mais no período anterior ao almoço. Se este é o seu caso, dedique suas manhãs para as atividades prioritárias e que exigem maior concentração, evitando distrações e tarefas de mais fácil execução. A ideia é identificar as horas mais produtivas e usá-las da melhor forma possível, fazendo o que realmente importa.

  1. Gerencie o tempo

Deixe a procrastinação de lado, gerencie seu tempo e tenha cuidado com falsas urgências. Para otimizar o dia, também vale usar softwares e outros recursos que automatizam tarefas repetitivas. Um sistema de gestão de frequência, por exemplo, permite realizar o controle de jornada dos colaboradores com mais agilidade e eficiência, reduzindo o tempo gasto com o fechamento da folha de pagamento.

  1. Repita os bons hábitos

A melhor recompensa por um trabalho bem feito é tê-lo feito. Tem algo mais gratificante que a sensação de atingir um objetivo? Quando no fim do expediente sua lista de tarefas estiver completa, analise quais atitudes o ajudaram a ser mais produtivo e repita-os no dia seguinte. É cultivando os bons hábitos que se alcança melhores resultados.

A Norber desenvolve sistemas de controle de acesso e de frequência que melhoram a produtividade no ambiente corporativo. O NewPonto Cloud é um software de controle de jornada na nuvem que automatiza a folha de pagamento, proporcionando agilidade ao RH. Para conhecer as funcionalidades desta solução, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.