Networking no home office: dicas para cultivar sua rede de relacionamentos profissionais na quarentena

O distanciamento social instituído para combater a disseminação do coronavírus tirou momentaneamente de cena os almoços com colegas, happy hours e cafezinhos. Com o home office sendo praticado em larga escala, fazer networking ficou um pouco mais complicado – mas não impossível. Veja dicas para cultivar sua rede de relacionamentos profissionais na quarentena e ampliar oportunidades de negócios:  

  1. Retome a agenda

Do mesmo modo que as reuniões presenciais foram substituídas por videoconferências, por que não realizar networking virtualmente? Além de redes sociais como o LinkedIn, que cumprem bem o papel de conectar estrategicamente profissionais, utilize as variadas tecnologias e aplicativos disponíveis para reforçar sua rede. Tome a iniciativa e convide para um café virtual aquele colega cheio de ideias ou aquele cliente que você não encontra há algum tempo. Além de demonstrar interesse genuíno pela pessoa, essa oportunidade gera uma produtiva troca de informações, inclusive sobre como mercado e empresas estão lidando com os impactos provocados pela pandemia.

  1. Respeite condições diferentes

Todos que podem, claro, estão trabalhando em seus home offices. Isso não significa, contudo, que as condições de trabalho sejam iguais às suas. Cada profissional tem rotinas distintas e está se adaptando à modalidade de forma diferente – tem gente que pode estar se sentindo sobrecarregada, outros que gerenciam a produtividade com controle de jornada remoto. Por isso, não seja indelicado ou invasivo. Respeite a privacidade do seu interlocutor e prefira agendar um horário com antecedência do que fazer uma vídeochamada de repente. Antes de sair convocando os amigos para um happy hour virtual, pergunte como as pessoas têm passado e demonstre empatia.  

  1. Apoie as pessoas

Um networking eficaz é aquele que resulta em valor agregado para ambas as partes. Assim como você tem interesses, seu interlocutor também pode aprender algo com sua experiência. Mostre-se disponível, escute as demandas dele, colabore com soluções, ofereça ajuda, compartilhe conhecimento. Esse tipo de apoio vale não só para períodos de crise, mas em todos os momentos – e certamente fará com que você e as soluções que sua empresa oferecem sejam sempre lembrados.   

  1. Mantenha contato frequente

Se a ideia é criar relações duradouras, seja ativo nos encontros e participe com frequência. O contato recorrente é determinante para se aproximar de pessoas-chave, gerar confiança mútua e levar a relação profissional a um novo patamar. Quem não é visto não é lembrado, e é através de uma rede de contatos sólida que indicações e oportunidades de negócios são geradas. 

A Norber desenvolve softwares de controle de frequência que facilitam a gestão da jornada de trabalho dos colaboradores, incluindo dos que trabalham remotamente. O NewPonto Cloud armazena dados do controle de frequência na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

4 lições de liderança e carreira do filme “O Diabo Veste Prada”

Lançado em 2006, o filme “O Diabo Veste Prada” se tornou um clássico do cinema e até hoje é fonte de inspiração para o mundo corporativo. Na trama, a recém-formada jornalista Andrea Sachs (Anne Hathaway) se submete à gestão autoritária de Miranda Priestly (Meryl Streep), a temida editora da revista que é considerada a “bíblia da moda”. Com cenas divertidas, o longa apresenta uma série de conflitos que funcionam como lições de liderança e carreira para o dia a dia no trabalho. Confira:

  1. Liderança

Quem assistiu ao filme sabe que a toda-poderosa Miranda, definitivamente, não tem o perfil de líder. Autoritária, ela chega a cometer abusos e crueldades. Seu jeito de comandar é mais parecido com o dos chefes do passado, baseado em poder e intimidação. Trata-se de um estilo oposto ao praticado pelas lideranças mais admiradas da atualidade, que praticam uma gestão mais participativa e menos hierárquica para extrair o melhor dos colaboradores. Respeito, cooperação e engajamento por meio do exemplo são mais eficientes para a conquista de resultados e para a construção de um ambiente de trabalho saudável.

  1. Adaptação

Pouco antenada ao mundo fashion, Andrea tinha tudo para não dar certo na revista. Quando estava prestes a desistir, um amigo lhe disse: “Você não está tentando, está lamentando”. Ao perceber que a mudança dependia só dela mesma, a jovem assistente entrou no jogo para jogar. Tão logo passou a se interessar por moda e usar roupas adequadas ao cargo, sua confiança cresceu, assim como o comprometimento com o trabalho. Adaptar-se à cultura da empresa foi o grande passo para a transformação da protagonista, que ganhou o respeito e a admiração dos colegas – inclusive da arrogante Emily, que vivia tentando lhe puxar o tapete.

  1. Superação

Você já se viu diante de uma tarefa tão desafiadora que achou que não poderia cumpri-la? Andrea também, quando a chefe implacável lhe pediu que conseguisse o manuscrito inédito do novo livro da saga Harry Potter. O que parecia impossível se tornou realidade quando, focando mais na solução do que no problema, ela procurou alternativas, fez bom uso do networking e alcançou seu objetivo. A lição: com determinação e pensando fora da caixa é possível superar expectativas e chegar ao fim do expediente com aquela sensação de dever cumprido.

  1. Equilíbrio

No decorrer do filme, Andrea passa a viver para o trabalho. Para atender aos pedidos mirabolantes da chefe, ela fica disponível 24 horas por dia – o que acaba a afastando da família e dos amigos. Dedicação é extremamente importante para uma carreira de sucesso, mas o limite é o equilíbrio entre vida profissional e pessoal.

Gostou do filme ou se identificou com algumas das situações relatadas? Quais aprendizados da ficção você leva para sua carreira?

A Norber desenvolve sistemas de controle de acesso e de frequência que promovem melhorias nos processos de gestão de pessoas. O NewPonto Cloud é um software que automatiza o controle de ponto e o integra à folha de pagamento, facilitando o dia a dia do RH. Para conhecer as funcionalidades desta solução, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.