Intraempreendedorismo: 4 dicas para empreender dentro da sua empresa

Empreendedorismo não é só coisa de jovem inovador que deseja fundar sua própria startup. No ambiente corporativo, o profissional de perfil empreendedor tem sido altamente valorizado por trazer para dentro da empresa a capacidade de inovar e de criar novas oportunidades. É o chamado “intraempreendedor”, colaborador que, engajado com a cultura organizacional, atua de maneira proativa, sentindo-se parte do negócio. Você tem esse perfil? Veja dicas para romper possíveis barreiras burocráticas e implantar melhorias dentro da empresa em que trabalha.

  1. Apresente um projeto estruturado

Seja a criação de um novo produto ou a implantação de um procedimento inédito, tudo pode ser aprimorado dentro de uma empresa. E ninguém melhor que você, que está na linha de frente, para propor soluções inovadoras para velhos problemas. No entanto, não basta uma boa ideia, é preciso tirá-la do papel. Assim, estruture seu projeto, crie parcerias, estabeleça cronogramas e adeque orçamentos. Tudo isso vai ajudá-lo a demonstrar a viabilidade da iniciativa.

  1. Conquiste apoios

Lembre-se que ninguém constrói nada sozinho. Como a ética corporativa prega não passar por cima do gestor, respeite a hierarquia e sempre consulte o seu superior direto. Faça mais que isso: angarie o apoio dele e de colegas, forme uma equipe multidisciplinar, proponha desafios coletivos e inspire o desejo por conquistas. Ao engajar todo o time torno de um objetivo comum, o intraempreendedor amplia as chances de ter seu projeto realizado.

  1. Aproveite recursos existentes

Tudo o que o pessoal das startups mais deseja é investimento. No começo desses empreendimentos, a escassez de recursos se impõe como um primeiro desafio – o que não acontece em empresas já estabelecidas. Por isso, aproveite equipamentos e infraestrutura, assim como equipes de marketing e vendas à disposição, para alavancar seu projeto e transformá-lo em vantagem competitiva para a empresa. Aproveite para conferir 4 ações do RH que podem ajudar a sua empresa a economizar durante a crise.

  1. Invista em tecnologia

Em um mundo cada vez mais digital e conectado, fica para trás a empresa que não investe em tecnologia. No cotidiano empresarial, muitos processos podem ser automatizados, padronizados ou integrados por meio de sistemas tecnológicos, otimizando rotinas administrativas e reduzindo custos a longo prazo. Confira mais dicas sobre investimentos em TI neste post.

Especialista em gestão de controle de frequência, a Norber fornece soluções que automatizam processos e geram economia de tempo para os funcionários. NewMobile, por exemplo, permite a marcação de ponto remotamente, por meio de smartphone, de qualquer localidade e em tempo real. Além de proporcionar mais flexibilidade ao colaborador, esse software conecta-se ao NewPonto, que integra as informações do controle de frequência à folha de pagamento. Para conhecer as funcionalidades desses produtos, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.

Intraempreendedorismo: implante inovações na sua empresa.
Intraempreendedorismo: implante inovações na sua empresa.