Dicas para acertar o dress code profissional no verão

Com os termômetros apontando recordes de temperatura, não é tarefa fácil usar traje social no trabalho. Ainda que terno e gravata sejam dispensáveis em alguns ambientes, quem atua em banco ou escritórios de advocacia, por exemplo, não tem como fugir deste formato mais tradicional. A roupa está diretamente relacionada à imagem profissional, e esta deve transmitir confiança, credibilidade e profissionalismo. Por isso, acertar a vestimenta no verão é um desafio mesmo para quem trabalha em lugares mais descontraídos, como agências de publicidade. Confira nossas dicas para enfrentar os dias quentes sem comprometer sua imagem profissional.

  1. Analise a cultura da empresa

Algumas empresas flexibilizam o dress code para que seus colaboradores driblem o calor usando peças mais frescas no verão. Fique atento aos comunicados e siga as instruções de vestimenta, sempre cumprindo o nível de formalidade exigido. Isso vale também para a “casual Friday”, dia em que os funcionários podem se vestir com mais liberdade e conforto. Quando não há regras expressas, inspire-se em colegas e chefes, evitando ser demasiado informal e destoar dos demais. Bermudas funcionam apenas em empresas liberais, nunca em ambientes formais. Em dias muito quentes, vale ter à mão uma peça para troca em caso de suor.

  1. Acerte nas cores e nos tecidos

Se o traje formal é indispensável, para os homens a dica é optar por ternos de microfibra ou lã fria. As cores mais indicadas são cinza e azul, que absorvem menos calor que preto. Camisas claras, de algodão, são mais arejadas. Para as mulheres, vale investir em tecidos naturais, como linho, algodão e seda, e abusar do branco, off-white, nude e bege. Também vale apostar em vestidos e saias, desde que o comprimento fique pouco acima do joelho. Peças de alfaiataria e calças do tipo pantacourt estão em alta e ficam elegantes se combinadas a sapatos clássicos como scarpin. Ao usar regatas femininas, escolha as de alças largas, mais discretas e alinhadas ao ambiente corporativo.

  1. Evite excessos

Ainda que o verão exija peças mais fresquinhas, é recomendável evitar excessos. Decotes e transparências, assim como roupas muito curtas ou justas, não são bem vistas nem mesmo em ambientes informais. As estampas, por sua vez, estão liberadas, desde que discretas. As sandálias são boas companheiras nos dias quentes, mas rasteirinhas podem não ser adequadas em determinados lugares. Vale sempre lembrar que o guarda roupa do fim de semana é diferente do profissional, e que boas escolhas contribuem para a construção da sua imagem entre colegas, gestores e clientes.

A Norber é especialista gestão de frequência e desenvolve softwares que modernizam o controle de ponto. Para conhecer as funcionalidades do NewPonto, do NewMobile e outras soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Área Comercial.