Trabalho presencial: como garantir adaptação e produtividade no retorno dos colaboradores

Depois de uma longa temporada em regime remoto, muitas empresas retomaram – ou estão retomando – o trabalho presencial. Para o colaborador cansado da falta de interação, a volta ao escritório é estimulante. Já para quem se acostumou às comodidades do home office, como não ter de se deslocar e poder passar mais tempo com a família, esse retorno pode ser impactante. Veja como garantir a adaptação e a produtividade dos funcionários na volta ao modelo presencial. 

Experiência renovada

Quem viu a produtividade aumentar no home office pode não enxergar vantagens em ter de se deslocar até o escritório para fazer o mesmo que poderia ser feito de casa. Para motivar esse perfil de colaborador, é importante oferecer uma experiência presencial renovada, com mais interação e participação. Mostre quão enriquecedoras são as trocas com colegas e valorize as ideias inovadoras surgidas a partir destes contatos. Também são pontos positivos o convívio social, o fluxo de trabalho mais ágil e a facilidade de fazer networking. Outra dica para melhorar a experiência presencial é criar um ambiente que promova segurança, satisfação e bem-estar. Espaços dotados de verde e de elementos naturais são mais humanizados e acolhedores. 

Fortalecimento da cultura interna

O retorno ao escritório é uma oportunidade e tanto de reforçar a cultura organizacional. O convívio próximo aos líderes de equipe tem papel determinante para fortalecer o senso de pertencimento, sobretudo entre os colaboradores recém-contratados, que podem não estar totalmente familiarizados com o conjunto de valores, modos de agir e princípios que regem a empresa. Além de reforçar o espírito de equipe, essa integração alinha objetivos e tem o poder de aumentar a produtividade e o engajamento. Incentive a colaboração, estipule metas e mostre a importância do trabalho de cada um para o alcance dos objetivos da empresa.  

Flexibilize horários

A prática do home office em larga escala trouxe aprendizados que não devem ser esquecidos. Com mais tempo em casa, as pessoas puderam rever hábitos e investir em aprimoramento e bem-estar pessoal. Teve gente que começou a cozinhar, que se inscreveu em um novo curso ou incluiu a prática de atividades físicas na rotina. Como gestor, mostre que você valoriza o equilíbrio entre vida profissional e pessoal, e que trabalhar presencialmente não significa abrir mão destas conquistas. Outra ideia para o plano de retorno é flexibilizar horários quando possível. Deixar o funcionário livre para decidir seus horários de entrada e saída, contanto que o número de horas diárias seja cumprido, garante autonomia para que cada um organize da melhor forma a própria rotina. Essa medida simples, que pode ser mais adequada ao momento de vida do colaborador, pode fazer a diferença e ser um diferencial para a retenção de talentos. 

Seja no modelo presencial, híbrido ou remoto, é fundamental contar com um controle de ponto que atenda às necessidades da empresa. Os sistemas de marcação online baseados em nuvem da Norber podem ser customizados às diferentes demandas e proporcionam eficiência à gestão da jornada dos colaboradores.

A sua empresa retomou o modelo presencial ou continua em jornada remota? Como os colaboradores estão encarando a volta? 

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, tanto presenciais quanto remotos. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Equipe Comercial.