Entrevista de desligamento: como usá-la de maneira estratégica

Entrevista de desligamento: como usá-la de maneira estratégica

Desligar um funcionário, por vontade dele ou não, é sempre um momento delicado nas empresas. Muitas emoções estão em jogo, e a entrevista demissional é uma oportunidade para humanizar a saída do profissional e colher informações para a melhoria de rotinas internas. 

Em geral, esta entrevista é conduzida por um profissional de RH ou um consultor externo. Embora seja facultativa, isto é, não existe obrigatoriedade para que aconteça, é uma ferramenta valiosa, já que o profissional, na condição de ex-colaborador, pode fornecer sua visão sobre clima organizacional, relação com chefes e colegas, expectativas quanto a salário, além de práticas que podem ser aprimoradas.

Quando a pessoa se sente à vontade, a conversa tem potencial para revelar problemas que podem afetar outros membros da equipe, desde descontentamento com plano de carreira até condutas impróprias por parte dos gestores. Com esses dados em mãos, é atribuição do RH utilizá-los de maneira estratégica. Após avaliação criteriosa, é possível corrigir rotas, investigar questões polêmicas e, sobretudo, identificar pontos para a melhoria do engajamento e a redução dos índices de absenteísmo e turnover.

Para que a conversa seja produtiva, é importante ouvir a pessoa com empatia e atenção, deixando claro que o que se busca é um feedback de sua experiência na companhia. Em alguns casos, há mágoas e ressentimentos. Por isso, deve-se aproveitar o momento para esclarecer dúvidas e mapear questões que podem futuramente acarretar processos judiciais, como é o caso de queixas sobre horas extras.  

O não pagamento de horas extras, vale lembrar, é o principal motivo de processos trabalhistas. Por isso, a realização de uma gestão de jornada eficiente é fundamental para garantir transparência na relação entre empregador e funcionário – e, assim, minimizar riscos de eventuais embates judiciais. Sistemas de ponto online possibilitam que a marcação seja acompanhada em tempo real, o que facilita a gestão das horas trabalhadas e os pagamentos devidos.  

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, incluindo equipes remotas. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br.