Metaverso: o que é e o que pode mudar no ambiente de trabalho

Quando o Facebook anunciou a mudança de nome para Meta, um enorme interesse se formou em torno do metaverso. Mas você sabe o que o termo significa e como esse universo que conecta as experiências real e virtual pode impactar a vida e os negócios?  

O que é o metaverso

O metaverso pode ser entendido como um espaço cibernético que utiliza tecnologias como realidade virtual, realidade aumentada e inteligência artificial para criar uma experiência imersiva, em que o usuário pode interagir por meio de avatares. 

Ainda que o conceito não seja novo (e basta lembrar de jogos como Pokemon Go e Second Life), acredita-se que a viabilidade do metaverso está associada ao desenvolvimento da economia digital. Hoje, o uso de criptomoedas é uma realidade e tecnologias como o blockchain permitem o registro de propriedade com NFTs (tokens não fungíveis). Segundo especialistas, o metaverso é também um dos componentes da Web 3.0, e seu avanço depende da implementação da rede 5G e da democratização de dispositivos como luvas e óculos 3D. 

Além de Meta, Microsoft e outras big techs, empresas de diversos segmentos também têm esse fenômeno emergente em seus radares. Nike, Adidas e Samsung, por exemplo, não só construíram seus ambientes virtuais como começaram a realizar eventos e vender produtos em suas plataformas no metaverso. A gigante das bebidas Ambev, por sua vez, anunciou a realização de um processo seletivo no metaverso, com os candidatos interagindo por meio de avatares. 

Metaverso e o ambiente de trabalho

Considerado a próxima revolução digital, o metaverso tem potencial para transformar a forma como aprendemos, trabalhamos e fazemos negócios. No mundo do trabalho, uma das aplicações é a criação dos chamados “escritórios infinitos”, em que os colaboradores, mesmo trabalhando remotamente, terão a experiência de interagir e colaborar em uma camada mais próxima da realidade. Nesses cenários imersivos, que simulam uma sala de reunião ou uma planta industrial, será possível participar de eventos, processos de onbording e treinamentos.  

Em paralelo, novos perfis profissionais devem emergir com a ascensão do metaverso. Além de desenvolvedores de ecossistemas digitais, há espaço para designers gráficos, especialistas em segurança digital, gestores de patrimônio e de investimentos, entre outras carreiras.     

A sua empresa planeja embarcar no metaverso? Antes de dar o próximo passo, vale mapear em que estágio de transformação digital ela se encontra e investir em sistemas que automatizam processos e utilizam Big Data para uma gestão estratégica. 

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, tanto presenciais quanto remotos. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Equipe Comercial.

Big Data: como gerar valor com uma estratégia baseada em dados

O futuro dos negócios está ligado ao uso estratégico dos dados. Com o avanço da digitalização, a quantidade de novas informações produzidas por ano deve ultrapassar a marca de 175 trilhões de gigabytes em 2025. Mas, mais do que esse gigantesco e exponencial volume, o Big Data é importante pelo valor que pode gerar para as empresas, tornando-as mais eficientes e competitivas. 

Com potencial para impactar negócios de todos os portes e segmentos, o Big Data tem sido usado pelas organizações para diversos fins. Entre outras coisas, permite entender o comportamento do consumidor, identificar demandas, melhorar o desempenho da força de trabalho, aprimorar a operação, precificar produtos e orientar estratégias promocionais, mensurar a satisfação do cliente e até segmentar públicos para as campanhas de marketing. A sua utilização, portanto, beneficia as diversas áreas de uma organização, desde Pesquisa & Desenvolvimento até Logística, Marketing e Vendas. 

Tudo isso é possível porque as diversas soluções tecnológicas disponíveis no mercado não só coletam como também integram e interpretam os dados de múltiplas fontes disponíveis, que vão desde histórico de navegação na internet e cadastros de clientes até informações de estoque e de controle de ponto. Por meio de análise de dados, estatísticas e algoritmos, esses sistemas, cada vez mais atrelados à inteligência artificial, possibilitam respostas para problemas reais, muitas vezes antecipadamente e de maneira preditiva. Por isso, quanto mais digital for sua empresa, mais informação baseada em dados você terá para tomar decisões assertivas.

Big Data no RH

O uso de Big Data no RH, também conhecido como People Analytics, permite melhorar os índices de produtividade dos colaboradores, otimizar processos, fazer contratações mais assertivas, aumentar a retenção de talentos, entre outras possibilidades. Dados do controle de ponto dos colaboradores, por exemplo, ajudam a identificar padrões de faltas e atrasos, mensurar o índice de absenteísmo, assim como volumes de horas extras e banco de horas. Com dados qualificados em mãos, o departamento pode mapear eventuais problemas e, consequentemente, focar em ações e investimentos mais efetivos.  

Em quais áreas a sua empresa utiliza o Big Data? O RH já se beneficia da análise de dados para realizar uma gestão de pessoas mais estratégica e focada na geração de valor para o negócio?    

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, tanto presenciais quanto remotos. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Equipe Comercial.

Os impactos da tecnologia 5G no mercado de trabalho

Com previsão de chegar às capitais brasileiras em julho deste ano, o 5G já está movimentando o mercado de trabalho. Saiba quais são as carreiras mais promissoras e como preparar a força de trabalho da sua empresa para as oportunidades que a quinta geração de internet móvel promete proporcionar. 

Oportunidades em tecnologia

A área de tecnologia é considerada a mais quente quando o assunto é 5G. Com potencial para impactar diversos ramos de negócios, a nova tecnologia pode impulsionar carreiras e demandar profissões que ainda nem existem. E a movimentação já começou: empresas de telecomunicações vencedoras do leilão do 5G estão buscando ativamente engenheiros, técnicos e profissionais de TI para a implementação da infraestrutura necessária e ampliação de redes dentro dos prazos estabelecidos. Estima-se que 50 mil empregos formais sejam criados neste ano. Até 2025, considerando as múltiplas aplicações que a novidade vai proporcionar, o número pode superar 670 mil vagas.

Além de técnicos e desenvolvedores, deve crescer a demanda por especialistas em dados, inteligência artificial, cloud computing, mobile, segurança da informação, internet das coisas (IoT), machine learning e UX design. Em razão do deficit de mão de obra especializada, a disputa por profissionais qualificados é alta, assim como as remunerações, atrativas sobretudo para cargos que exigem mais experiência.

O papel do RH e das lideranças

Mais rápida e com menor latência que a rede atual, a tecnologia 5G promete interconectar múltiplos dispositivos, tornar as cidades inteligentes e as indústrias, muito mais eficientes. Da telemedicina ao agronegócio, do marketing ao setor financeiro, há um leque de oportunidades a serem exploradas, incluindo novos modelos de negócios e estilos de gestão. 

Robotização, automação em escala e conectividade de objetos inteligentes proporcionados pelo 5G exigirão novas habilidades profissionais nas mais distintas carreiras – e não só nas relacionadas à área de tecnologia. Por isso, além de atrair e selecionar talentos no mercado, é papel do RH apoiar as lideranças nas estratégias em longo prazo. As organizações devem ampliar investimentos em transformação digital, sem esquecer a requalificação da mão de obra. Upskilling, reskilling, compartilhamento de conhecimentos por meio de multiplicadores internos e parcerias com institutos de pesquisa e universidades são temas essenciais nas empresas que desejam inovar e continuar relevantes no futuro.  

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, tanto presenciais quanto remotos. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Equipe Comercial. 

A segurança da informação deve ser prioridade na sua empresa

Na era da informação, não é surpresa que os dados estejam entre os ativos mais valiosos de uma empresa. De tão valiosos, eles se tornam alvo de criminosos, cujos golpes estão cada vez mais sofisticados e frequentes. O risco, infelizmente, não está longe: o Brasil foi o quinto país que mais ataques cibernéticos sofreu em 2021. De sequestro de dados a vazamento de informações sensíveis e invasões a sistemas, essas ocorrências expõem a privacidade das pessoas, geram prejuízos financeiros e causam severos danos à imagem corporativa.  

Além do risco de ciberataques, a entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) vem exigindo maiores cuidados para a adequação às normas relacionadas a coleta, processamento e armazenamento de dados. Por se tratar de uma questão estratégica, a segurança da informação e a proteção de dados devem fazer parte do planejamento empresarial e integrar a lista de prioridades de companhias de todos os portes e segmentos. 

Como aprimorar a proteção de dados 

Um conjunto de medidas podem ser tomadas para reduzir vulnerabilidades, prevenir ataques maliciosos e manter os dados de clientes, colaboradores e da própria organização devidamente protegidos. Além de infraestrutura robusta, é fundamental mapear fragilidades nos fluxos e implementar uma política de proteção de dados eficaz. Isso inclui a criação de senhas fortes e trocas periódicas, instalação de antivírus, realização de backups, uso da nuvem para armazenamento e controle dos níveis de acesso às informações. A conscientização dos colaboradores também deve fazer parte das boas práticas em cibersegurança empresarial, já que links suspeitos são iscas para malwares, spywares, phishing e outras ameaças digitais. 

Outra iniciativa é contar com fornecedores que priorizam a proteção de dados e o cumprimento das legislações vigentes. Sobretudo no RH, que lida com um volume expressivo de informações, é imprescindível ter parceiros que assegurem a integridade e segurança dos dados e informações. 

Um sistema de marcação de ponto online, por exemplo, deve dispor de conexão criptografada, já que o certificado de segurança SSL, aquele cadeado ao lado da URL, garante um ambiente seguro para o acesso via web. O banco de dados blindado e atrelado ao servidor é outro elemento antifraude, pois impede a manipulação das marcações eletrônicas originais, seja pelo usuário ou pelo gestor.

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto alinhados aos requisitos de segurança necessários às empresas. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br e fale com a Equipe Comercial.  

Growth Hacking: conheça essa nova estratégia de aceleração de crescimento

De tempos em tempos, novas técnicas e metodologias aparecem no mundo dos negócios com o intuito de tornar as empresas mais produtivas, ágeis e competitivas. A novidade do momento é o Growth Hacking, estratégia surgida no ambiente digital que se propõe a acelerar o crescimento das organizações. Mas você sabe exatamente do que trata e por que esse termo tem despertado o interesse de tantas companhias? 

O Growth Hacking, ou hacking de crescimento, é a estratégia que identifica brechas – ou atalhos – capazes de alavancar um crescimento exponencial e escalável nas companhias. Na prática, combina conhecimentos acerca de tecnologia, marketing e comportamento do consumidor para otimizar processos, produtos ou comunicação e, assim, ampliar a base de usuários e converter novos clientes. 

Uma vez identificado o problema, os profissionais especializados em aceleração do crescimento, ou growth hackers, propõem hipóteses e modelam soluções. Entre outras coisas, busca-se gerar tráfego, melhorar a experiência do usuário no site, converter visitantes em clientes ou, não menos importante, ganhar a recomendação do usuário. As soluções, por sua vez, vão desde o uso de softwares de automação de processos, ações de marketing digital, oferta de versões gratuitas, rankeamento em mecanismos de buscas e produção de conteúdos virais. 

Estratégias de Growth Hacking são comumente empregadas por startups. Aliás, diversas empresas que se tornaram referência em seus ramos de atuação obtiveram crescimento otimizando seus ciclos de marketing e de vendas. Com modelos de negócios disruptivos, elas souberam gerar interesse e ampliar suas bases de usuários muito rapidamente. 

Mas engana-se quem imagina soluções milagrosas. O Growth Hacking orienta-se por análise de dados e indicadores de desempenho (KPIs) tanto para identificar oportunidades de melhorias como para modelar uma solução. Uma das premissas é a aplicação de testes e experimentos. Uma vez confirmada a hipótese, a solução deve ser rapidamente colocada em prática para o alcance dos resultados e aumento da aprendizagem.    

Está claro por que o Growth Hacking se tornou uma das tendências do momento? Na medida em que companhias de variados portes e segmentos expandem suas operações para plataformas online, faz todo o sentido apostar na transformação digital para escalar o negócio.

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, incluindo equipes remotas. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br

Atendimento multicanal: o que é e quais as vantagens

Até pouco tempo atrás, a loja física e o atendimento telefônico eram os únicos meios de contato das empresas com os clientes. O advento da internet e a popularização dos smartphones, porém, mudaram radicalmente os modos que nos relacionamos com as marcas e que consumimos seus produtos e serviços. Hoje, uma interação que se inicia no e-commerce pode muito bem terminar numa loja física, e vice-versa. Não por acaso, disponibilizar múltiplos canais de atendimento tornou-se estratégico para as companhias focadas em ampliar o alcance das suas marcas e alavancar as vendas. Conheça as vantagens da estratégia multicanal e saiba como implantá-la na sua empresa.

Benefícios do atendimento multicanal

Estar onde o cliente está é a primeira vantagem de ser multicanal. A ideia é garantir um atendimento ágil e de qualidade na plataforma que o consumidor preferir, seja via rede social, whatsapp, e-mail, chat ou ligação telefônica. Ao prezar a praticidade, você supre as expectativas do consumidor moderno, cada vez mais conectado, bem informado e imediatista. O atendimento multicanal é também uma ótima maneira de estreitar o relacionamento com o seu público, melhorar a comunicação com ele e conhecer a fundo o seu perfil. Outra vantagem é a redução de custos. Por meio de chats com inteligência artificial, é possível esclarecer dúvidas simples e mais frequentes, permitindo que os operadores se encarreguem das demandas mais complexas.   

Como aprimorar a estratégia multicanal     

Para aprimorar a sua estratégia multicanal, o primeiro passo é entender a jornada de compra do seu cliente e em quais momentos a empresa deve estar disponível para auxiliá-lo. Identifique as principais demandas, crie diretrizes de atendimento para cada canal e utilize métricas para monitorar a qualidade do serviço prestado. 

Outro ponto de atenção é a integração das informações. Afinal, para oferecer uma experiência de compra realmente diferenciada, é fundamental que o consumidor encontre continuidade no atendimento ao migrar de uma plataforma online para outra. As demandas, por sua vez, precisam ser resolvidas efetivamente, independentemente do canal e sem que o cliente tenha que ficar repetindo o seu problema. Vale lembrar que um atendimento mal feito pode fazê-lo desistir da compra e ainda gerar feedbacks negativos para sua empresa.  

A estratégia multicanal é uma das vertentes do processo de transformação digital pelo qual passam as empresas. Trata-se de um caminho inevitável na medida em que se vale de soluções tecnológicas para otimizar processos e aprimorar o relacionamento junto aos públicos interno e externo. A tecnologia mobile, por exemplo, é disponibilizada em sistemas de controle de frequência, permitindo a marcação e gestão do ponto remotamente. 

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, incluindo equipes remotas. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br.

People Analytics: análise de dados aplicada à gestão de pessoas

Em um mundo cada vez mais conectado, usar os dados digitais de maneira inteligente faz toda a diferença para o sucesso do negócio. As áreas de vendas e marketing sabem disso muito bem, tanto que se baseiam em dados para aumentar o tráfego nos sites, entender o comportamento do cliente nas redes e fazer recomendações mais assertivas. A boa nova é que, graças à tecnologia e recursos como o People Analytics, o RH também tem se beneficiado da ciência de dados para aprimorar seus processos e alavancar o desempenho da força de trabalho. 

O que é People Analytics

People Analytics é o processo de coleta, organização e análise de dados voltado para a gestão estratégica de pessoas. Trata-se de uma das principais tendências em RH porque permite identificar padrões de comportamento que ajudam a melhorar a experiência do colaborador no ambiente de trabalho, assim como prever perfomances e planejar ações futuras.

Mas, afinal, como isso é feito? De modo geral, o método correlaciona dados coletados rotineiramente pelo RH com outros registros, métricas e indicadores. Por meio do cruzamento de variáveis, estudos estatísticos e uso de algoritmos, o People Analytics permite encontrar, antecipadamente, soluções para problemas que podem afetar a empresa, como evasão de talentos, baixa produtividade e insatisfação das equipes.  

O uso de dados na prática

Com o crescimento exponencial dos dados, pode ser difícil filtrar informações que são úteis ou não. Felizmente, despontam no mercado diversas soluções que ajudam as companhias a analisarem e extraírem máximo valor de seus dados. Por meio de softwares de gestão de pessoas é possível entender como os profissionais estão investindo seu tempo e o que os motiva, mapear padrões comportamentais, avaliar riscos, mensurar resultados e até prever perfis com potencial de alto desempenho.

No processo de Recrutamento e Seleção, a inteligência de dados otimiza a triagem de candidatos com maior aderência à cultura da companhia, reduzindo o turnover. Na área de Treinamento, contribui para definir competências que devem ser desenvolvidas individual e coletivamente. Em Benefícios, usa dados demográficos e de estilo de vida para formatar planos de saúde mais atrativos para o colaborador. 

Para uma gestão da jornada baseada em dados, o NewPonto Cloud da Norber é um grande aliado. Além de manter os registros de frequência estruturados, esse sistema de ponto online fornece aos gestores uma série de relatórios e indicadores importantes, ajudando a mapear absenteísmo e horas extras. 

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, incluindo equipes remotas. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br.

Aplicações da Internet das Coisas na sociedade e nos negócios

Por meio de um simples comando de voz, você recebe notificações sobre produtos que estão prestes a acabar na sua geladeira. Também à distância, controla a iluminação da sua casa, a música ambiente ou a temperatura do ar-condicionado. Graças à Internet das Coisas (IoT), os objetos à nossa volta estão ficando “inteligentes” – e os smartwatches, smartTVs e assistentes virtuais mostram que o futuro já bateu à nossa porta. 

Além de facilitar a rotina doméstica, a Internet das Coisas está impulsionando inovações em todos os setores da economia. Há avanços no varejo, na medicina, na agricultura e na mobilidade urbana. Em alguns países, as smart cities integram sensores, chips e uma série de tecnologias para aprimorar o transporte urbano, a coleta de lixo e a segurança pública, por exemplo. Isso sem falar nos carros autônomos, que prometem ganhar as ruas num futuro não tão distante. 

O uso de equipamentos conectados e capazes de capturar, processar e transferir dados também avança na rotina das grandes companhias que buscam aumentar a eficiência e a competitividade. De fato, a Internet das Coisas é fator determinante para o desenvolvimento da Indústria 4.0, juntamente com a robótica, inteligência artificial e computação em nuvem. Nas fábricas inteligentes, múltiplas aplicações permitem monitorar o fluxo de produção, gerenciar espaços e estoques, otimizar a logística. O que se busca é reduzir custos, melhorar a produtividade e gerar modelos de negócios mais alinhados às necessidades dos clientes.

Os avanços também são sentidos no âmbito da gestão de pessoas. Com a adoção massiva da tecnologia, a tendência é que processos organizacionais sejam cada vez mais automatizados, possibilitando que os colaboradores se dediquem a atividades mais inovadoras e criativas. Em escritórios e prédios comerciais, é comum o uso de elevadores e catracas inteligentes para controle de acesso. Além disso, sistemas de controle de ponto online e em nuvem coletam e integram registros sobre a jornada de trabalho dos colaboradores de forma automatizada, transmitindo informações para o RH em tempo real.  

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, incluindo equipes remotas. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br.

Como a tecnologia 5G pode impactar os negócios

A tecnologia 5G está cada vez mais perto de transformar radicalmente o mundo em que vivemos. Com potencial para catalisar uma nova revolução industrial, a próxima geração da internet móvel promete interconectar múltiplos dispositivos, tornar idades inteligentes e as indústrias, muito mais eficientes.

Mas, afinal, quais características tornam essa tecnologia tão revolucionária? Primeiro, sua velocidade, cerca de 20 vezes mais rápida que a atual, o que permitirá que a troca de dados seja muito mais veloz. Depois, sua baixa latência, isto é, o tempo de resposta das interações digitais será muito rápido, sem desvios ou atrasos. E por último, mas não menos importante, a capacidade de abrigar um grande volume de conexões simultâneas e uma vasta diversidade de dispositivos.  

Essas características devem impulsionar a Internet das Coisas (IoT), isto é, a conexão de objetos do cotidiano – eletrodomésticos, carros e ferramentas industriais sofisticadas – com outros dispositivos e sistemas pela internet. Por meio de inteligência artificial, computação em nuvem e análise avançada de dados, essa rede hiperconectada de objetos vai alavancar uma nova camada de automação, otimizando processos e rotinas sem necessidade de interação humana.  

Ao elevar a rede móvel a um novo patamar, o 5G impactará os mais variados ramos de negócios. Em várias partes do mundo estão sendo feitos testes com carros autônomos. Nas indústrias, são esperados enormes ganhos de eficiência com a conexão da operação às redes de logística e suprimentos. Mas não só: da agricultura ao entretenimento, da mobilidade urbana ao marketing, do turismo à telemedicina, há inúmeras possibilidades a serem exploradas. 

Cidades em mais de 60 países já oferecem a tecnologia 5G. No Brasil, a expectativa é que o leilão da banda ocorra ainda neste ano, sendo sua implantação nas grandes cidades esperada para 2022. Com essa nova infraestrutura, o leque de oportunidades para as empresas será bastante ampliado, com implicações competitivas importantes. 

Por isso, as companhias mais inovadoras já planejam aplicações para seus negócios. Das equipes de TI e gestores será exigido um olhar atento para tudo o que podem proporcionar o 5G e a Internet das Coisas. Colherão benefícios as empresas com mais maturidade digital, que têm processos automatizados e visão para atuar num futuro não tão distante.  

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, incluindo equipes remotas. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br.

Estratégia digital: como alavancar o negócio com a tecnologia online

O digital cresce exponencialmente e as empresas que não se posicionarem nesse ambiente correm o risco de ficar para trás. O cenário de pandemia acelerou tendências, transformou hábitos de consumo e incluiu definitivamente a interface tecnológica na jornada do cliente. Tanto é verdade que, mesmo com a reabertura do comércio, as vendas do e-commerce seguem crescendo. Saiba como a estratégia digital e as tecnologias online podem alavancar o seu negócio. 

Fortaleça a presença no ambiente digital

Cada vez mais, os consumidores têm o hábito de pesquisar online antes de decidir pela compra, seja ela efetuada numa loja física ou virtual. As plataformas digitais, portanto, são uma vitrine que não só garantem visibilidade como ampliam o raio de atuação para além das fronteiras de um bairro ou cidade. Para muitas empresas, posicionar-se estrategicamente em múltiplos canais virtuais significa aumentar a possibilidade de novos negócios.    

Conheça e engaje seu público

O ambiente online é, sem dúvida, uma chance incrível para as empresas conhecerem melhor seus clientes e, assim, entregarem produtos ou serviços mais direcionados aos seus desejos e necessidades. As páginas visitadas, o tempo de permanência e tantos outros dados ajudam a mapear perfis, desenvolver campanhas de marketing mais efetivas e, claro, realizar ofertas personalizadas. Também vale apostar em redes sociais com conteúdo de interesse para gerar conexão com o público e engajá-lo.  

Invista na digitalização de processos

Além da área de vendas, uma estratégia digital ampla e bem planejada tem potencial para beneficiar outros departamentos de uma empresa. Independentemente do porte ou segmento de negócio, investir na digitalização de processos é fundamental para automatizar rotinas, gerar eficiência, engajar colaboradores e alavancar resultados. O RH é um departamento em que o uso da tecnologia proporciona grandes vantagens. Entre as ferramentas disponíveis para facilitar a gestão de pessoas existem de sistemas de ponto online até soluções mobile, para marcação da frequência à distância e diversas outras funcionalidades.   

A Norber desenvolve softwares de controle de ponto que facilitam a gestão da frequência dos colaboradores, incluindo equipes remotas. O NewPonto Cloud armazena dados na nuvem, possibilitando o gerenciamento online da jornada. Já o NewMobile permite a marcação de ponto via smartphone, de qualquer lugar e em tempo real. Para conhecer as funcionalidades destas soluções, visite www.norber.com.br.